Serviço de Calibração

Calibração de Equipamentos

A METROLOGY dispõe de estrutura em conformidade com os padrões internacionais de qualidade e condições ambientais de acordo com normais técnicas. Alem de pessoal qualificado pronto para atender requisitos específicos para cada trabalho.

Serviços de calibração de instrumentos acreditados pela CGCRE em conformidade com a norma NBR ISO/IEC 17025, garantindo aos nossos clientes total atendimento aos requisitos as normas de gestão de qualidade como, por exemplo, ISO 9001.

Porque devemos calibrar?

  • Garantir a rastreabilidade das medições, isto é, sua relação a referências estabelecidas por padrões nacionais ou internacionais através de uma cadeia de comparações.
  • Reduzir as variações de especificações técnicas do instrumento.
  • Minimizar erros no processo.
  • Prevenir defeitos, como parte da manutenção preventiva, e compatibilizar as medições.
  • Padronizar os trabalhos.
  • Para atender requisitos de normas de certificação como por exemplo ISO 9001, ou agencias fiscalizadoras como ANAC, ANATEL, ANVISA.

Quando devemos calibrar?

  • Quando adquirido um novo instrumento;
  • Quando a periodicidade atinge limite de tempo especificado;
  • Quando um instrumento for submetido à choque, vibração ou sobre carga;
  • No caso de balança, quando é alterado de local de uso;
  • Quando é feito qualquer tipo de ajuste ou manutenção preventiva ao instrumento;
  • Sempre que apresentar diferentes medidas (dúvidas) na utilização do instrumento.

Qual a frequência de calibração?

O Laboratório não define prazos de validade para calibração. A definição da periodicidade da calibração deve ser definida pelo solicitante em função das condições do instrumento e do nível de serviço oferecido a seus clientes, ou conforme exigido por órgãos fiscalizadores pertinentes a cada seguimento, entre outros parâmetros.

Qual é o conteúdo mínimo dos certificados de  calibração?

A NBR ISO/IEC 17025 determina o conteúdo mínimo que os certificados de calibração e relatórios devem possuir. No momento, vamos nos concentrar, nos certificados de calibração os quais devem conter:

  1. Titulo – “Certificado de calibração”, por exemplo.
  2. Nome e endereço do laboratório e o local onde as calibrações foram realizadas, se diferente do endereço do laboratório.
  3. Identificação única do certificado de calibração. Em cada página uma identificação que confirme ser parte integrante de um determinado certificado e clara identificação do final do documento.
  4. Nome e endereço do cliente.
  5. Identificação do método utilizado.
  6. Identificação do instrumento calibrado.
  7. Data da realização da calibração. 
  8. Resultado da calibração com as unidades de medida.
  9. Nome, função e assinatura ou identificação equivalente da pessoa autorizada para emissão do certificado de calibração.
  10. Declaração de que os resultados se referem somente aos itens calibrados.
  11. Condições ambientais em que foi executada a calibração.
  12. Declaração da incerteza da medição.
  13. Evidencia de rastreabilidade.

Por que não é necessário solicitar cópias de certificados de padrões utilizados nos serviços realizados por laboratórios acreditados?

A rastreabilidade a um padrão nacional é evidenciada por meio da apresentação de certificados de calibração com o Símbolo da Acreditação para laboratórios de calibração, emitidos somente por laboratórios acreditados pela Cgcre. Uma organização que possua certificados de calibração dos seus padrões e equipamentos de medição com essa marca, tem a garantia de que as calibrações neles descritas são rastreáveis a padrões nacionais.

Por que os laboratórios acreditados não necessitam certificação ABNT NBR ISO9001?

Extraído da ABNT NBR 17025:2005—Requisitos gerais para a competência de laboratórios de ensaio e calibração

“Os laboratórios de calibração e ensaio que atendam a esta Norma, portanto, operarão também de acordo com a ABNT NBR ISO 9001”.